Depois de criar os óculos inteligentes, o Google pretende surpreender mais uma vez com algo absolutamente inédito, aliando tecnologia à saúde das pessoas. A empresa anunciou recentemente o lançamento de uma lente de contato para diabéticos, capaz de medir o nível de glicose pela lágrima do usuário.

A lente inteligente conta com uma espécie de chip embutido, que rastreia e avisa a pessoa se é preciso tomar medidas quanto ao nível de açúcar no sangue.

“Pode não parecer, mas deu muito trabalho para deixarmos tudo tão pequeno”, afirma Brian Otis, pesquisador do Google.

A glicose será taxada por um sensor uma vez por segundo, e os dados serão enviados por meio de um transmissor sem fio. De acordo com Otis, o sensor é o menor já produzido e levou anos de ajustes.

A indústria de tecnologia em monitoramento de nível de glicose no sangue vai movimentar US$ 16 bilhões no mundo em 2014 e os dispositivos disponíveis atualmente no mercado – agulha ou pulseira – não chegam nem perto do conforto que as lentes de contato inteligentes prometem.

Os dispositivos eletrônicos embutidos na lente não obstruem a vista do usuário, pois ficam fora da retina. Foi desenvolvida também uma tecnologia de atração de frequências de rádio ao redor do usuário, para fornecer energia ao chip e permitir o seu funcionamento.

Há mais de 380 milhões de diabéticos no mundo e o Google pode salvá-las do desconforto de ter de furar os dedos para a coleta sanguínea várias vezes ao dia para o ajuste de insulina.

As lentes de contato estão em fase de teste junto à agência de medicamentos norte-americana.