Em setembro, o INPI oferecerá dois cursos para os profissionais que trabalham com informação de Propriedade Intelectual. Nos dias 3 e 4 de setembro, a Oficina de Monitoramento Tecnológico será realizada na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife, apresentando conceitos necessários à elaboração de estudos de monitoramento tecnológico que utilizem patentes (concedidas ou pedidos publicados) como principais fontes de informação. Em 16 horas/aula, o módulo contará com aulas expositivas e práticas, além da apresentação e desenvolvimento de estudos de monitoramento tecnológico desenvolvidos pelo Centro de Divulgação e Informação Tecnológica (CEDIN) do INPI.

O pré-requisito para os interessados é ter feito o Curso Básico de PI, seja em sistema presencial (promovido pelo INPI) ou à distância (oferecido pelo INPI com a Organização Mundial da Propriedade Intelectual), a partir do ano de 2012. Também é necessário ter participado do Curso de Extensão de PI (antigo Curso Intermediário).

Já em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, será ministrado o Curso de Propriedade Intelectual para Bibliotecários na sede do Senai. As aulas abordarão os mecanismos de proteção intelectual, com ênfase no uso da PI como fonte de informação e no processamento técnico de materiais relacionados à área. O treinamento terá 24 horas/aula e exige que os participantes sejam formados em Biblioteconomia ou Ciência da Informação, com certificado de conclusão do Curso Básico de PI, nas mesmas condições exigidas para o curso de Recife.

Fonte: https://www.gov.br/inpi/pt-br