As franquias estão crescendo como nunca no Brasil. Em um país com 52 milhões de empreendedores, investir em um negócio certeiro pode ser cada vez mais difícil.

Esse é um dos motivos pelos quais as franquias fazem tanto sucesso.

Trata-se de um investimento seguro, além de poder contar com a credibilidade de marcas que já estão consolidadas no mercado.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising, no primeiro trimestre de 2020, esse setor teve aumento de 0,2% no faturamento, comparado ao mesmo período de 2019.

Quanto ao faturamento dos últimos 12 meses, o aumento foi de 5,2%, em relação ao ano anterior.

Porém, antes de entender todos os benefícios de obter uma franquia, vamos descobrir o que são elas.

Continue lendo o artigo!

O que é uma franquia?

A franquia, ou franchising, é um sistema empresarial em que o detentor da marca, chamado de franqueador, cede o direito de uso da sua marca ou patente para o franqueado.

Além disso, dá a ele o direito de distribuição exclusiva ou semi exclusiva dos seus produtos e/ou serviços, após a aquisição da franquia.

Dessa forma, o franqueado investe na franquia e paga parte do faturamento ao franqueador, por meio dos royalties.

E quais as vantagens de obter uma franquia?

Benefícios de obter uma franquia

Vamos citar aqui quais os benefícios deste modelo de negócio, para o franqueado e para o franqueador.

Franqueado

1- Modelo de negócio estruturado: a vantagem de escolher uma franquia, é poder contar com um negócio que já tem credibilidade no mercado, além de clientes fidelizados, o que gera um investimento muito mais certeiro.

2 – Suporte e treinamento: a franqueadora oferece uma estrutura completa de treinamentos, que são essenciais para a gestão da unidade. Além disso, sempre que necessário, existirá o suporte para solucionar eventuais problemas.

3 – Financiamento: bancos como Caixa Federal e BNDES, oferecem linhas de crédito e financiamento para interessados em abrir franquias, tornando o investimento mais acessível.

Franqueador

1 – Maior expansão da marca: é uma forma de consolidação da empresa no mercado, de maneira mais rápida. Isso porque serão terceiros que irão investir na marca e, consequentemente, aumentar sua abrangência.

2 – Redução de custos: os custos para a expansão e criação das novas franquias é todo do empreendedor que quer adotar aquele modelo de negócio, ou seja, pelo próprio franqueado. Inclusive, durante o funcionamento, do comércio.

3 – Padrão de qualidade: é o próprio franqueador que cria os padrões de qualidade do negócio, além do modelo de gestão a ser seguido pelos seus franqueados.

Como escolher uma franquia

Agora que você já viu as vantagens de obter uma franquia, deve estar se perguntando como escolher uma para atuar.

Em primeiro lugar, é preciso avaliar qual o ramo de atividade você sentirá mais afinidade e prazer em trabalhar.

Após essa decisão, pesquisar quais as franquias disponíveis no mercado.

Além disso, é preciso ter em mente o valor que você tem disponível para o investimento na franquia.

Esses são alguns passos básicos para quem deseja entrar nesse modelo de negócio lucrativo.

Gostou desse artigo?

Acompanhe o blog e fique por dentro de tudo sobre marcas e negócios.