startups

Cada vez mais o Brasil se destaca pela quantidade de abertura de startups – empreendimentos que se diferenciam por buscarem um negócio que seja inovador.

Até o último levantamento, realizado pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), já são 12.727, um aumento de mais de 200% desde 2015, quando ainda existiam apenas 4.151.

Ainda de acordo com a Abstartups, a maior parte das empresas estão no estado de São Paulo (3.744), Minas Gerais (1080), Rio Grande do Sul (914) e Rio de Janeiro (844).

O número pode ser muito maior, levando em consideração que estas são apenas as que estão cadastradas na base de dados da Abstartups.

Mas você sabe exatamente o que são as startups?

Confira no decorrer deste artigo!

O que são as startups

Qualquer empresa que esteja em seu período inicial e tenha grande potencial de crescimento rápido, pode ser considerada uma startup. Essas empresas buscam um modelo de negócios inovador e têm espírito empreendedor.

Startups unicórnio

Como uma das principais características é a inovação, elas trazem soluções tecnológicas e novidades para seu público-alvo. Por esse motivo, algumas alcançam investimentos bilionários que geram para elas um valor de mercado bilionário. São essas startups que são consideradas unicórnio: valem mais de um bilhão de dólares.

Algumas startups brasileiras já figuram entre as consideradas unicórnios, veja abaixo a lista com algumas delas:

NuBank – Cartão de crédito e conta digital. Fundada em 2013, tem valor de mercado de 4 bilhões de dólares.

99 – Aplicativo de carros particulares e táxis. Fundada em 2012, tem valor de mercado de mais de 1 bilhão de dólares e é a primeira unicórnio brasileira.

Ifood – Aplicativo para pedidos de comida em restaurantes. Fundada em 2011, tem valor de mercado de 2 bilhões de dólares.

Gympass – Sistema de assinatura de academias. Fundada em 2012, tem valor de mercado de 1 bilhão de dólares.

Loggi – Aplicativo de moto frete. Fundada em 2013, tem valor de mercado de 1 bilhão de dólares.

Registro da propriedade intelectual junto ao INPI

Levando em consideração que as startups trazem inovação, para garantir que a ideia tenha exclusividade é fundamental que seja realizado o registro da propriedade intelectual junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Para que a empresa torne-se um negócio de sucesso, é necessário que sejam seguidos alguns passos para garantir a segurança jurídica da marca e da ideia. Por isso, é importante realizar o registro da marca que se está desenvolvendo ou a patente do produto que está sendo criado, como também softwares, aplicativos, entre outros.

A Direção Marcas e Patentes protege seu patrimônio industrial e intelectual de forma prática e segura, realizando o registro da marca no INPI. São mais de 14.000 processos de pessoas físicas e jurídicas, e mais de 7.000 empresas assessoradas de diversos segmentos.

Fale com um de nossos consultores e tire todas as suas dúvidas: 0800-728-7707.