Está esperando a hora certa de registrar a marca?

Muitas pessoas confundem os direitos de marca com regras de registro de empresa, ou aquisição de domínio (site) e usernames (nomes de usuário) no Instagram, Facebook e outras redes sociais. Por isso, ficam confusas sobre o melhor momento de “patentear” a marca.

Mas não cometa esse erro: o registro que dá proteção jurídica e direito de exclusividade para uma marca é o registro feito no INPI. Não existe patente de marca, nem proteção para marca antes do depósito no INPI.

Nesse artigo, você vai saber:

  • qual é o momento ideal para registrar uma marca;
  • os riscos de esperar muito para fazer esse registro;
  • o que fazer se o seu logotipo ainda não ficou pronto.

Confira!

Por que você deve registrar sua marca imediatamente

Assim que você definir o nome e logotipo da sua marca, é essencial iniciar o processo de registro com a maior rapidez possível.

Por isso, se você está se organizando para registrar a sua marca e quer saber: Qual é o momento ideal para iniciar o registro de uma marca?

A resposta para essa pergunta é muito simples. Na verdade, ela depende da resposta para outra pergunta: se você precisasse parar de usar essa marca imediatamente, isso seria um problema?

Se você responder que sim, então, o momento perfeito para pedir o registro da marca já passou. Comece imediatamente para evitar que esse risco se agrave.

Quanto tempo esperar para registrar marca? Conheça os riscos de esperar

Após criarem uma marca, muitas pessoas adiam o momento de registrá-la, por diversos motivos:

  • “O logotipo não está pronto”;
  • “Não criei CNPJ ainda”;
  • “Vou investir em outras coisas antes de “patentear” a marca”;
  • “Vou esperar pra ver se esse negócio vai dar certo mesmo”;
  • “Vou comprar o domínio e vou deixar para registrar no INPI quando sobrar um dinheiro”;
  • e várias outras justificativas.

A verdade é que: não é preciso esperar criar um site, CNPJ, perfil em redes sociais, e nem mesmo começar a vender produtos e serviços, para iniciar esse processo. Inclusive, esperar tudo isso pode até ser arriscado.

Durante o tempo em que você espera para registrar, sua marca segue desprotegida, mesmo que a empresa esteja registrada na Junta Comercial e mesmo que você tenha comprado o domínio.

 

Marcas recém criadas também devem ser registradas imediatamente

Caso você ainda não tenha começado a usar a marca, não tem um site, não abriu loja, não tem clientes, nunca divulgou o nome nem o logotipo, então seus riscos são um pouco menores.

Mas mesmo assim, existe o risco da “coincidência”: alguma outra pessoa, ou empresa, ter a mesma ideia e registrar o mesmo nome antes de você.

Isso acontece com muito mais frequência do que você pode imaginar. Na maioria dos casos, a chance de uma pessoa conseguir registrar um nome já registrado é quase zero. Algumas exceções são: marca em classe diferente, modalidade diferente (mista ou nominativa), ou acordo de coexistência de marcas.

Por isso, é recomendável fazer uma pesquisa de anterioridade ao criar a sua marca e pedir o registro o mais rápido possível.

Marca sem logotipo pronto

Já criou o nome da marca mas está aguardando o designer finalizar a criação do logotipo? Converse com um profissional especializado em Propriedade Industrial. Ele saberá te orientar para que você decida se vale a pena esperar a finalização do trabalho, ou fazer o registro da marca nominativa (nome sem o logotipo).

A marca nominativa não pode ser complementada com logotipo depois. Em alguns casos, é mais seguro garantir a prioridade sobre o nome e também pedir o registro da marca mista (nome com logotipo) depois.

A Direção Marcas e Patentes oferece consultoria e pesquisa de marca gratuita.

Já assessoramos mais de 14 mil marcas em todo o Brasil e estamos à disposição para assessorar você também, pelo telefone ou Whatsapp: 0800-728-7707

Compartilhe esse post!


Ir ao Topo