fbpx
Marketing Digital Direção Marcas e Patentes

Fonte Imagem: Freepik

Ninguém mais subestima o poder da Internet, mas somente ter um site ou perfil nas redes sociais não é suficiente. As marcas têm buscado estratégias cada vez mais sofisticadas de marketing.

E o registro da marca no INPI, faz parte da sua estratégia? Cada vez mais empreendedores estão atentos para a importância de ter uma estratégia de marketing digital, mas nem todos pensam na importância do registro da marca.

Confira a nossa análise e entenda por que é arriscado investir em marketing digital sem pedir o registro da marca.

 

Qual é a relação entre marketing digital e registro de marca?

No campo da comunicação e dos negócios, não é tarefa do marketing cuidar da construção e desenvolvimento de uma marca. Isso é tarefa do branding.

Assim como, cuidar para que essa marca esteja juridicamente protegida é trabalho de profissionais do Direito da Propriedade Industrial.

Mas, de certa forma, o marketing também acaba trazendo exposição para a marca, ao desenvolver estratégias e ações para promover os produtos e serviços da marca.

Afinal, a marca aparece na embalagem do produto, ou no próprio produto, nas propagandas comerciais, nos sites e perfis nas redes sociais.

Por isso, uma estratégia de marketing que divulga uma marca  desprotegida pode trazer riscos para essa marca.

Quanto mais bem sucedida é uma estratégia de marketing, mais a marca conquista público. E assim, mais vulnerável ela ficará para qualquer concorrente de má fé que queira pegar esse público para si.

Se um concorrente registrar a sua marca no INPI antes que você, poderá usufruir dos direitos sobre seu nome, sua logo e todo o seu trabalho com a marca.

 

Crescendo na Internet com o registro da marca

O registro da marca no INPI te dará segurança para:

  • Expor a marca no máximo de plataformas possíveis;
  • Reinvidicar os domínios e perfis em redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Tiktok, Youtube) que estejam usando o nome da sua marca;
  • Licenciar a marca para parcerias;
  • Defender-se de usos indevidos de marca, propaganda enganosa, imitações;
  • Solicitar a remoção de conteúdos ofensivos.

O depósito do pedido de registro é a única forma de obter a prioridade sobre a marca que você criou. E quando esse pedido é concedido e finalizado, você obterá o Certificado de Registro de Marca, que atesta a sua propriedade sobre a marca.

 

Quer conhecer mais benefícios do registro de marca? Confira nosso artigo Proteção do registro de marca: conheça 15 direitos e benefícios

Registrando a marca no INPI: por onde começar

O momento certo para começar a proteger a marca é logo quando ela é criada. Inclusive, antes mesmo de você começar a trabalhar com a marca na Internet.

De preferência, consulte profissionais especializados em Propriedade Industrial antes mesmo de finalizar o trabalho com o designer ou a equipe de branding, pois pode ser necessário realizar mudanças no nome ou logotipo da marca.

Um profissional especializado irá pesquisar se o nome e logotipo escolhidos estão “disponíveis” – ou seja: irão verificar se já existe um registro no INPI que possa atrapalhar os seus planos. Essa é a chamada busca de anterioridade.

Além disso, ele também verificará se sua marca faz uso de algum elemento proibido pela Lei de Propriedade Industrial e poderá te passar orientações.

A Direção Marcas e Patentes conta com profissionais especializados em Propriedade Industrial. Estamos à disposição para realizar uma busca de anterioridade gratuita e assessorá-lo durante todo o processo de registro da marca no INPI.

Nosso telefone e Whatsapp é: 0800-728-7707

Você também iniciar a busca de anterioridade preenchendo o formulário na nossa página inicial.

Também estamos à disposição para assessorá-lo por meio do telefone: 0800-728-7707 ou preencha o breve formulário do nosso site www.direcaoconsultoria.com.br

Compartilhe esse post!


Ir ao Topo