O sonho de empreender está presente em quase todos os brasileiros. Segundo pesquisa feita pelo GEM (Global Entrepreneurship Monitor), abrir o próprio negócio está em quarto lugar na lista de sonhos e só perde para casa própria, carro e viagens.

Para que este sonho não se transforme em pesadelo, antes de tirá-lo do papel é importante que você realize muita pesquisa e planejamento e para isso, trouxemos 8 dicas valiosas para que seu novo negócio seja um sucesso. Continue a leitura e esteja pronto para empreender com muito mais oportunidades.

1. Qual será o segmento do seu negócio?

Escolher o ramo de atuação para seu empreendimento é um passo muito importante. Ele pode ser um sonho antigo, um hobby ou algo para qual você tenha muito talento. Mas é necessário que este segmento vá além destas características e você precisa estar atento às tendências do mercado e se o seu produto/serviço é relevante para os consumidores.

2. Construa um plano de negócios

Após escolher em qual segmento você quer empreender, é necessário que faça uma pesquisa detalhada sobre ele:

  • Mercado de atuação (regional | nacional | internacional);

  • Concorrentes diretos e indiretos;

  • Localização;

  • Marketing (como irá se posicionar, que preço irá oferecer, quais serão os diferenciais);

  • Fornecedores;

  • E muito mais.

Com base nas informações levantadas na pesquisa, você pode criar um plano de negócios. Ele serve para planejar o futuro da sua empresa, mesmo que ela ainda não tenha começado. Planejar onde você quer chegar e como você chegará é muito importante, pois diminui (e muito) as incertezas e frustrações.

3. Calcule as despesas

Antes de começar a dar lucro, toda empresa passa por um período de maturação e você precisa calcular quanto dinheiro será necessário para abrir o negócio, comprar matéria-prima, pagar funcionários e demais investimentos e ainda se manter por alguns meses, por isso é essencial que haja um cálculo com a previsão de gastos, para não passar apuros logo no começo.

4. Aprimore seus conhecimentos

            Mesmo que você seja especialista no segmento de atuação, é necessário estar em constante atualização e aprimoramento, pois o mercado muda constantemente e precisamos estar atentos a estas mudanças. Além disso, para ser dono de um negócio próprio é preciso saber administração, economia, recursos humanos, marketing, vendas e tantas outras áreas, mesmo que sua empresa possua especialistas em cada uma destas funções.

5. Formalize seu negócio

Possuir um negócio formalizado abre muitas vantagens competitivas como: acesso a crédito, participar de licitações, prestar serviço ou vender produtos para empresas maiores. Fuja da ilegalidade e abra o CNPJ da sua empresa. Com a ajuda de um contador é possível escolher a categoria que mais se encaixa com sua atividade e porte.

6. Construa presença digital

Quem não é visto não é lembrado, já diz o ditado popular e com toda a razão! Para alcançar ainda mais clientes, manter uma presença digital constante é de suma importância. Para isto, existem diversas opções: Facebook, Instagram, TikTok, Google Meu Negócio, WhatsApp, Site. Sua empresa pode estar presente em todas ou em algumas delas e esta escolha depende de onde o seu consumidor está. Nas redes sociais os clientes ficam mais próximos da sua marca e facilitam a comunicação.

7. Treine sua equipe

            Ter uma equipe alinhada e bem treinada ajuda a encantar seus clientes. Cordialidade, boa comunicação (tanto oral quanto escrita), empatia e carisma são pontos muito importantes a serem treinados, além de conhecer bem o produto ou serviço que está sendo oferecido.

8. Crie e REGISTRE sua marca

Deixamos esta dica por último, mas não que ela seja menos importante. Ao contrário, este processo requer muito cuidado, pois é aqui que você criará a identidade da sua empresa, como: nome, logomarca, cores, etc. É da marca que os clientes vão lembrar.

Após a criação da marca, é essencial que você faça o registro dela junto ao INPI. Não espere o sucesso chegar para efetuar registro o protegê-la. Evite que algum concorrente use o nome e logomarca do seu empreendimento. MARCA SEM REGISTRO É MARCA SEM DONO.

Conte com a equipe da Direção Marcas e Patentes para registrar a sua marca junto ao INPI e garantir exclusividade de uso em todo o país no seu segmento de atuação. Para mais informações, você pode deixar seu telefone neste link que um especialista em marcas entrará em contato.

Compartilhe esse post!


Ir ao Topo